domingo, 10 de maio de 2015

Mães marcantes do cinema

Para homenagear o Dia das Mães, o blog separou alguns exemplos das mamães mais marcantes do cinema. Falar que mãe é cuidado, ternura e amor incondicional é redundância. Mãe mesmo quando erra, a intenção é acertar. Os filmes abaixo mostram essas características maternas como só o cinema consegue fazer.

"Philomena" é uma mãe adolescente que teve seu bebê entregue à adoção. Décadas depois, ela conta com a ajuda de um jornalista para reencontrar seu filho. Judi Dench está impecável nesse papel, indicado ao Oscar.

Philomena

Angelina Jolie faz o papel de uma mãe desesperada à procura de seu filho desaparecido, em "A Troca". Ela desafia a polícia e a imprensa quando tentam solucionar o problema da forma mais bizarra possível, colocando sua reputação e até sua sanidade à prova.

A Troca

Shirley MacLaine levou um Oscar pela atuação em "Laços de Ternura". Esse filme é lindo, conta a história da relação entre mãe e filha, que vai amadurecendo e se aprofundando com o tempo, enquanto as personagens descobrem seus papéis como mães, amantes e mulheres.

Laços de Ternura

E como não citar a doce noviça que largou a batina e adotou as crianças Von Trapp como suas? Julie Andrews vive a imagem da mãe ideal em "A Noviça Rebelde", a mulher que cuida, ama, educa e alegra a casa, ensinando que mãe adotiva também é mãe. Inesquecível.

A Noviça Rebelde

Em "Lado a Lado", Susan Sarandon vive uma mulher acometida por duas tragédias: o fim de seu casamento e um câncer terminal. Sabendo que seus dias estão contados, ela tenta aproximar os filhos da nova namorada do marido, cuidando para que o futuro de todos seja o melhor possível. Impossível não se emocionar com tanto altruísmo.

Lado a Lado

Um feliz Dia das Mães, para todas mamães e filhos. No décimo dia do Desafio de 21 dias para criar/mudar um hábito, o melhor hábito de todos é demonstrar amor por aquela que nos trouxe ao mundo. 

Comente com o Facebook: